Roraima precisa de ajuda para atender venezuelanos

Waldemir Barreto/Agência Senado

Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Telmário Mota (PTB-RR) criticou decreto do governo federal que criou o documento provisório de registro nacional migratório para identificação de solicitante de refúgio, que beneficia os venezuelanos que chegam ao país.

A partir de agora, disse Telmário Mota, os venezuelanos que fogem do caos no país vizinho e chegam ao Brasil por Roraima poderão ter carteira de trabalho, abrir conta em bancos, ter CPF e acesso aos mecanismos de inclusão social e serviços públicos essenciais. O senador argumentou que Roraima recebe diariamente de 500 a 700 venezuelanos e que o estado não consegue acolher adequadamente esse contingente sem apoio financeiro.

– O que que está havendo no estado de Roraima é um verdadeiro caos social e econômico. Há famílias jogadas nas ruas, em logradouros públicos, em todo o canto. Já não tem mais trabalho no estado, os leitos dos hospitais estão todos ocupados, os postos de saúde não atendem, as escolas não conseguem atender a demanda, a segurança está comprometida, não há habitação – disse o parlamentar.

Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*