Semana de decisões importantes no Senado Federal

Reunião com ministro da Agricultura

Telmário Mota participou de audiência com o ministro da Agricultura quando foi assinada portaria ministerial que atesta a erradicação da febre aftosa no rebanho bovino do Estado. Uma vitória de Telmário que ainda em 2015 pediu providências a então ministra Kátia Abreu para resolver o problema. A partir de agora Roraima, pode voltar a exportar carne.

No Plenário do Senado participou das discussões e votou pelo fim do Foro Privilegiado que abrigava 35 mil autoridades em todo o país.

Também fez pronunciamentos contra o projeto de Abuso de Autoridade, que pune juízes, procuradores, promotores e policiais com pena de prisão.

Na comissão de Infraestrutura ajudou a aprovar o relatório do senador Hélio José que oficializa a exploração de energias alternativas no Brasil. O senador Telmário já obteve apoio do presidente Temer para a implantação de energia eólica e solar em Roraima.

E o fato mais importante da semana foi a sua indicação, por aclamação para a vice-presidência da CPI da Previdência.

“A CPI da Previdência, da qual eu sou vice- presidente, é necessária para podermos apurar se realmente a previdência está quebrada ou é só falácia. Se o rombo de que falam for verdade, quem são os responsáveis por isso e se o atual formato  precisa ser mudado. De forma a encontrarmos um diagnóstico preciso para poder levar à população. A população pode acreditar que nós não vamos amolecer. Não será uma CPI de faz de conta. Vai ser uma CPI que vai a fundo buscar todos os problemas e soluções”, afirmou o senador Telmário Mota (PTB/RR).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*