Roraima enfrenta dificuldades com energia e venezuelanos

Plenário do Senado durante sessão não deliberativa. Em discurso, senador Telmário Mota (PDT-RR). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em discurso nesta segunda-feira (5), o senador Telmário Mota (PTB-RR) criticou o governo federal por “virar as costas” para Roraima na questão energética. Segundo o senador, o estado é o único que não está interligado ao restante do país, tem energia de termoelétricas de pouca qualidade e vem enfrentando queda de energia várias vezes ao dia.

Telmário também pediu a ajuda do governo federal com a questão dos venezuelanos. Segundo o senador, o estado de Roraima tem enfrentado uma situação delicada com a presença de vários imigrantes que fogem da crise da Venezuela.

Conforme relatou, a prefeitura de Boa Vista teria anunciado empregos e Bolsa Família para os venezuelanos, o que teria atraído um número muito grande de imigrantes para o local. Para o senador, porém, o estado não tem condições de atender a todos os imigrantes e o ideal seria o governo fazer uma triagem para entrada de estrangeiros no estado.

— Pedimos ao governo federal que olhe com carinho para o nosso estado e tenha responsabilidade com o nosso país. Roraima virou uma panela de pressão — afirmou o senador, que também lamentou as denúncias de corrupção envolvendo integrantes do governo.

Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*